quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Temos que estar preparados !!!

 Em janeiro de 2013 no Festival ECPA de arrancada, passei por uma situação parecida com a que sofreu o piloto André Minoru. 

 Na época meu carro era praticamente de rua, andava no álcool, não tinha paraquedas e passava no máximo a 162km/h. Larguei na mesma pista que o André sofreu o acidente e no fim da reta meu acelerador enroscou do mesmo jeito que aconteceu com ele. No meu caso um dos parafusos que prendem a borboleta se soltou, quando pisei 100% no acelerador a borboleta deslocou e travou aberta.

 A diferença foram 60km/h a mais de velocidade no Gol do André, que passou a 220km/h. Aí da para ver a gravidade da situação dele, pois eu com 60km/h a menos, tive um imenso trabalho para parar.

 Mesmo com os 350 metros de frenagem do ECPA, que é uma boa área para uma pista de 201 metros, até você pensar como deve agir, esses 350 metros passam que nem uma bala!

 Quando enroscou, tive a reação de dar na embreagem e desligar o carro, mesmo assim me perdi e invadi a pista do lado esquerdo. A sorte é que o Gol da Dragster de Curitiba tinha apagado na largada e ele vinha atrás, mesmo assim o piloto foi hábil e abriu o paraquedas para ajudar. Mas caso ele tivesse largado bem, provavelmente bateria nele no fim da reta.

 Parei antes de entrar na brita, mas o susto está gravado na minha mente até hoje. Atualmente passo com 25km/h a mais que naquela época, então tenho que estar ainda mais concentrado para qualquer eventualidade mecânica.
Já no caso do André, a velocidade muito alta foi a inimiga de qualquer decisão, infelizmente.

Para vocês terem uma idéia da força que fiz para parar, mesmo a 160km/h, entortei a haste do servo freio no pé. Hoje aprendi que tenho que abrir o paraquedas em todas as puxadas, independente de qualquer coisa. A verdade é que temos que simular eventuais situações, para quando acontecer estejamos preparados. Temos que melhorar a segurança dos carros, das pistas e mudarmos o modo de pensar, ou seja, focar antes na segurança e depois na performance. Abraço a todos!

Fotos: Martín Premoli (Kmesporte) e Patrick (PowerAtomic).

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Em homenagem a André Minoru (4ª Etapa ECPA 2016, Histórico da Prova)

Desde a terça feira já estávamos no corre para a 4ª etapa do ECPA de Arrancada 2016.

Na quarta feira levamos o Passat para alinhar. Procedimento que fazemos em todas as etapas.
 
Ao estilo "Street Outlaws", na calada da noite!

Grandes amigos e meus irmãos Klebinho e Guilherme, os responsáveis pelas máquinas.

Na quinta feira os últimos detalhes, nova relação de marcha para o Passat.

O Gol do Klebinho está de volta, lindo ver o 86 nas pistas!
 
Não existe traseira mais top que essa! 

O mais legal deste retorno foi nosso amigo e irmão Gal, que agora é o novo piloto do Gol. Primeiro cadeirante a participar de uma arrancada na categoria DT-B! Parabéns ao Klebinho e ao Gui, que foram os responsáveis por fazer esse sonho virar realidade! Na foto com o Alê.

O Fusca do Juninho que seria pilotado pelo nosso parceiro Edvan (DT-A da Espaço Motor).

Passat pronto e lavado, obrigado meu parceiro "Bom Dia", que deu um trato na máquina.

#partiuecpa!!!

 Levamos os carros na quinta a noite, já que era feriado aqui na minha cidade.
 
Chegamos por volta das 20:00 horas e o pau estava "torando" no tratamento de pista! Aliás, agora com novo trator para melhor tratamento de pista, um gigante Massey Ferguson 680HD.

Os grandes responsáveis pelo sucesso do tratamento de pista são do Juninho que na foto passa o "VHT", e do Fred, marido da Dani, proprietária e responsável pelo ECPA.
 O Fred é um sujeito 1000%, sem palavras para esse cara, que além de muito gente boa, trabalha muito para a arrancada acontecer. Na foto ele comanda o trator até altas horas da noite. Pude acompanhar por horas o trabalho dos dois. Parabéns!!

Na sexta feira, apesar de meu carro já estar lá, cheguei tarde devido ao meu trabalho e não consegui treinar.

Gol do Alex pronto para a DT-C.

Galera reunida e o DT-B 435 mostrando seu charme!

O Gol Desfio 8,5 do Baiano que dispensa apresentações.

O Fusta TT-B do Juninho de pneus novos e câmbio novo, não andou no treino, pois o Edvan iria andar só nas últimas puxadas do treino de sábado.
 
Galera da Klebinho Racing com direito a lanches especiais do Tio Lemão. 
 
Ver o Gal na pista para o treino foi emocionante, o primeiro cadeirante a acelerar um DT-B nas pistas do ECPA e pelo que a gente sabe, o primeiro no Brasil a fazer tal feito. Parabéns Gal!!

Para quem não o conhece, o Gal é irmão do Juninho da Speed Turbos, na adolescência teve um problema genético que ocasionou uma perda de força nos músculos, que fez com que precisasse de cadeira de rodas. Ele tem um pouco de movimento nas pernas e com isso o Klebinho conseguiu fazer uma adaptação na embreagem para que fosse possível sua participação na arrancada.

O Gal é uma figura, só conhecendo pra saber, com uma personalidade única, é um cara super gente fina e engraçado, que só somou na nossa equipe. Um irmão para todos nós!

O Gol do Baiano chegou a virar 8.1s nos treinos, bem na boa esse carro promete 7 segundos fácil.

O Gol DT-C do Alex andou tranquilo na casa dos 7.3 nos treinos.

No sábado fui para a pista, na primeira puxada esqueci de plugar a mangueira que vai para o módulo do booster e larguei sem pressão. Retornei para a fila, desci do carro e neste momento vi a largada do Gol FLD do André Minoru e então o acidente aconteceu.

Muito triste e complicado me expressar sobre como tudo aconteceu, tudo tão rápido, justamente como era o André e seu carro. Ver a ambulância, as pessoas com a mão na cabeça me deixou muito triste, o ECPA ficou quieto e em pouco tempo veio a notícia do seu falecimento.
Me veio um turbilhão de sentimentos, pois a pouco tempo perdi meu bem mais precioso, a minha mãe. Nunca foi e nunca será fácil para quem fica.

O André passou a mais de 220km/h na fotocélula e infelizmente o acelerador enroscou, tudo aconteceu muito rápido e provavelmente ele não teve como evitar.

Essas fotos resumem quem era o André e a equipe Esther Turbo do preparador Tonicão. Obras sociais e caridade para os mais necessitados.

O André era muito querido por toda a comunidade da arrancada, com muitos amigos e admiradores.

Ver aquele Gol quadrado largar era um prazer, um verdadeiro show de pilotagem do pequeno "Grande" André Minoru.
 
O Domingo acordou triste no ECPA, um silencio que servia para refletir e para nos fazer pensar no quanto a vida é preciosa. 
Presto também meu total apoio ao ECPA, que fez de tudo para trazer a vida do André de volta. Acompanhei todo o procedimento e tudo foi feito do jeito mais rápido e profissional possível. Lembrando que o ECPA tem 350 metros de frenagem e mais 30 metros de pedra brita.
 
 Agora é hora de revermos os conceitos, dar atenção total a segurança dos carros e da pista. Sempre cuidando da vida acima de tudo!
 
Houve uma votação a pedido do ECPA entre os pilotos, para parar ou continuar com a corrida, lógico que votei pelo cancelamento e a maioria votou assim também.
 
De volta para casa.

Vamos revisar todos os nossos carros na questão de segurança, podem ter certeza que a perda do André não será em vão.

Termino essa postagem enviando meus totais e sinceros sentimentos a toda família e amigos do André. Deus sabe o que faz e ele com certeza está nas mãos do senhor. Muito obrigado por tudo André, por sua coragem e seu amor pela arrancada, você sempre foi um show e será lembrado e respeitado por toda a vida. Abraço a todos.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

4ª Etapa ECPA 2016 (Preparativos) !!!

Este fim de semana acontece a 4ª etapa do ECPA de Arrancada em Piracicaba e durante essa semana estamos cuidando dos "finalmentes" nos carros da equipe. O Passat ficou tomando poeira desde a última etapa, já que por problemas particulares não pude dar uma atenção ao meu carro.

 Mesmo assim, algumas coisas foram feitas nesta última semana. Iriamos trocar as bandejas de suspensão, mas infelizmente elas não chegaram tempo. Com isso precisei levar o carro no Teco Soldas Especiais para fazer um reforço na bandeja atual, que na última etapa estava sofrendo uma torção nas largadas e tirava o carro do alinhamento.

 O Fusca do Juninho está pronto e tem novo piloto nesta etapa. Bem conhecido na arrancada, hehe.

 Novos pneus, um pouco menores que o antigo e um novo câmbio são as novidades.

 Gol do Alex está pronto, o atual recordista da DT-C vem com tudo nesta etapa!

 O Gol dos Tim também está pronto, revisão e novidades no motor. Pronto pra briga.

 O Passat vem de câmbio novo e eixos novos, que tinham quebrado na última etapa. Tem também o Gol Desafio do Baiano, que vem de escape novo e mais potência no motor.

 Essa etapa tem o retorno do Gol do Klebinho. E vem com um piloto muito especial! Aguardem!

É isso ai galera, o Klebinho e o Gui estão trabalhando muito para o sucesso da equipe. Que Deus nos guarde e que tenhamos uma bela etapa para todos os pilotos. Abraço a todos!