quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Fim da Coluna do Coxa na Race Master !!!

 
Quando fui convidado para escrever uma coluna na revista Race Master, eu não imaginava que iria tão longe. Foram mais de três anos com a coluna e exatas quarenta edições, todas escritas com total liberdade, falando sobre todas as situações possíveis na nossa tão amada arrancada. Não sei bem porque fui escolhido para fazer este papel, pode ser pela minha experiência na arrancada, ou pela minha história de amor pelo esporte. A verdade é que fiz com o coração, e isso só foi possível devido ao fruto de uma união entre um amante da arrancada, eu, e de um dono de uma revista que veio para colocar um novo “patamar” nas publicações do gênero aqui no Brasil. Agradeço ao Sidney por fazer da paixão dele, um sonho que virou realidade. É um prazer ler todo mês matérias de qualidade, aliás, qualidade que faz da Race Master a melhor revista do Brasil com toda a certeza.
 
Estou parando por necessidade, tenho novos projetos de trabalho e meu tempo está ficando cada vez mais escasso, fico triste por parar de escrever, mas ao mesmo tempo sei que deixo uma história escrita para sempre.
 
Às vezes pego as edições passadas em que escrevi e leio como se fosse de outra pessoa, tento sentir a reação que sempre busquei em meus textos, ou seja, divertir. Seu dou uma risada no meio do texto é sinal que o objetivo foi cumprido.
 
Lembro-me de uma prova em que participei, quando um senhor e um menino que provavelmente era seu filho se aproximaram com uma edição da revista em punho e me pediram um autógrafo. No momento nem sabia o que fazer, nunca tinha pensado nisso, pois o texto sempre representou a arrancada e não a mim mesmo. Respirei fundo e fiz uma assinatura que nada mais era do que a assinatura da minha carteira de identidade, hehe. Depois disto fiquei feliz por essa demonstração de carinho, não pelo meu ego pessoal, mas sim por saber que estou agradando a uma pessoa.
 
Fiz alguns textos que tenho orgulho, são títulos como: “Lendas Urbanas”, “Cara de Moleque”, “De Pijama a 300km/h”, “O mais feliz do mundo”, “A Tinta Amarela”, “Torrão de Ouro”, “O Grande Desafio”, etc, etc. Na verdade são histórias verdadeiras e contadas com exatidão, são textos sinceros e divertidos e que fizeram parte da minha vida.
 
Quando tomei a decisão de parar, fui ao meu armário, peguei essas quarenta edições e recortei todos os meus textos, passei numa loja de quadros e mandei emoldurar todos eles. Todos eles vão agora para a parede da minha casa e sempre que passar por eles vou lembrar com carinho desta experiência fantástica. Dizem que na vida temos tentar viver de tudo um pouco e no meu caso eu estou seguindo isso à risca!
 
Gostaria de agradecer a todos da equipe Race Master, ao Sidney e esposa meu muito obrigado, ao Marcão, Guilherme Badan, Alex Glasser, Regis Vasconcellos e a todos que me ajudaram, meu muito obrigado.
 
Gostaria de agradecer a minha família pelo apoio, pai, mãe e irmãos e principalmente a minha esposa Carol, que é o anjo da minha vida. Te amo lindeza!! E por fim agradecer a todos os assinantes da revista que sempre me acompanharam e sempre estiveram ao meu lado. Obrigado pelos e-mails e pelos contatos nas provas em que participei.
 
Obrigado por tudo galera e vamos sempre continuar divulgando a nossa querida arrancada. Abraço a todos e até qualquer hora!

9 comentários:

  1. Parabéns Coxa, um dos atrativos que mais gosto da Revista era sua coluna, trabalhei um ano fora de sp, e todo mês ficava ansioso para comprar a revista no aeroporto e vir no avião lendo, só histórias boas e que retratam com exatidão o sentimento e paixão que a arrancada traz e não podemos explicar. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Deve estar muito corrido ai para você, mas se possível não deixe de postar aqui no Blog, pois assim como eu várias pessoas passam aqui sempre, pois o conteúdo que você publica é muito top!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mesmo Fernando, fico feliz que vc gostava da coluna. Pode deixar que vou tentar deixar o blog atualizado.

      Grande abraço!

      Excluir
  3. Dae...coxa

    sai de de cabeça erguida...que com certeza tua coluna era a melhor parte da revista...eu já começava lendo de traz pra frente. hehehhe

    boa sorte nessa nova etapa do teu trabalho...e deixa o blog sempre atualizado.

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Du! Obrigado mesmo pelas palavras!
      grande abraço!!

      Excluir
  4. parabéns pela coluna, sempre era a primeira coisa que lia quando pegava a revista. Sempre achei legal pois são historias de situações que que é doido por carros já viveu e é fácil se identificar com as situações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mesmo! Obrigado pelas palavras!

      Abração!!

      Excluir
  5. Também lia de tras pra frente...

    ResponderExcluir